Mikhail Metzel/AP
Mikhail Metzel/AP

Fundador do Cirque du Soleil é 7º turista espacial da história

Laliberté pagou cerca de US$ 35 milhões para uma aventura de doze dias no espaço e na estação orbital

Efe,

30 de setembro de 2009 | 05h11

A Rússia lançou nesta quarta-feira, 30, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS) a nave Soyuz TMA-16 com uma nova tripulação e o sétimo turista espacial da história, o canadense Guy Laliberté, fundador do Cirque du Soleil.

 

A tripulação da Soyuz é integrada pelo cosmonauta russo Maxim Suráyev e o astronauta da Nasa Jeff Williams, além de Laliberté, que desembolsou cerca de US$ 35 milhões para uma aventura de doze dias no espaço e na estação orbital.

 

A nave, que deve ser colocada em órbita por um foguete portador Soyuz FG, decolou na manhã desta quarta (hora local) da base de Baikonur, na Ásia Central, e se acoplará à plataforma orbital na próxima sexta-feira, informou o Centro de Controle de Voos Espaciais russo.

 

Suráyev, que viaja pela primeira vez ao espaço, e Williams, para quem este será o terceiro voo de sua carreira e o segundo à ISS, permanecerão 169 dias na plataforma orbital como integrantes da expedição número 21.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.