Salvatore di Nolfi/AP
Salvatore di Nolfi/AP

Fundador do Grupo Swatch, Nicolas Hayek morre aos 82 anos

Um dos mais proeminentes empresários da Suíça morreu de parada cardíaca durante o trabalho

Reuters

28 de junho de 2010 | 22h41

ZURIQUE - O presidente do Grupo Swatch, Nicolas Hayek, um dos mais proeminentes empresários da Suíça, morreu de parada cardíaca durante o trabalho nesta segunda-feira, 28.

 

Hayek, que completou 82 anos em fevereiro, foi reconhecido por salvar a indústria relojoeira suíça ao reorganizar as companhias Asuag e SSIH, fundindo-as no Grupo Swatch, que ele assumiu em 1985 junto com outros investidores. Hayek tornou-se presidente-executivo e presidente da empresa em 1986.

 

"Com a inesperada morte de Nicolas G. Hayek, a Suíça e a economia suíça perdem uma de suas principais personalidades", disse em comunicado a presidente suíça e ministra da Economia, Doris Leuthard.

 

Hayek foi uma força motriz para a economia suíça, com seu engajamento corajoso para o empreendedorismo, disse ela, acrescentando: "Devemos muito a Hayek ".

Tudo o que sabemos sobre:
Nicolas HayekSwatch

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.