Geórgia e Rússia fazem primeira troca de prisioneiros

Georgianos entregam cinco militares, dois deles pilotos; e russos, 15; Cruz Vermelha supervisiona operação

Efe,

19 de agosto de 2008 | 04h18

Geórgia e Rússia realizaram nesta terça-feira, 19, a primeira troca de prisioneiros desde a explosão do conflito no dia 8 de agosto, informou a emissora de TV Rustavi-2. Veja também:Tropas russas mantêm ataque em território georgianoRice eleva o tom e adverte Rússia por 'jogo perigoso' com EUARússia diz que iniciou retirada de tropas da Geórgia'Um miliciano mirou o fuzil no meu peito e pulei na estrada', diz correspondente do Estado  EUA devem reavaliar relação com Rússia' Ouça o relato de Lourival Sant'Anna  Imagens feitas direto de Gori, na Geórgia  Godoy e Cristiano Dias comentam conflito  Entenda o conflito separatista na Geórgia  A Geórgia entregou à Rússia cinco militares, dois deles pilotos, cujos aviões foram derrubados quando sobrevoavam o território georgiano. Já a Rússia entregou 15 militares georgianos. A operação foi supervisionada por representantes da Cruz Vermelha e pelo secretário do Conselho de Segurança Nacional da Geórgia, Aleksandr Lomaya. A troca estava programada para segunda-feira, segundo a parte russa, mas reivindicações apresentadas por Tbilisi adiaram a operação.

Tudo o que sabemos sobre:
GeórgiaRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.