Governistas querem nomear Putin presidente do partido

Líder do Rússia Unida diz ainda que espera que atual chefe de governo seja eleito premiê em 8 de maio

Agência Estado e Associated Press,

07 de abril de 2008 | 10h15

O presidente da Duma (Câmara Baixa do Parlamento russo), Boris Gryzlov, anunciou nesta segunda-feira,7, que o partido majoritário Rússia Unida quer nomear Vladimir Putin presidente da agremiação. De acordo com Gryzlov, os delegados do partido farão a indicação no congresso nacional do partido, marcado para começar em 14 de abril. O partido Rússia Unida possui a maior bancada na Duma e é considerado o principal alicerce do domínio de Putin sobre a câmara. Em conversa com jornalistas, Gryzlov manifestou ainda a expectativa de que a Duma eleja Putin primeiro-ministro da Rússia em 8 de maio, um dia depois da posse de Dmitry Medvedev como presidente do país. Putin, que obteve dois mandatos como presidente russo sem filiar-se a nenhum partido, já anunciou que pretende aceitar o posto de primeiro-ministro, mas ainda não se sabe se ele pretende aceitar a nomeação para presidir o Rússia Unida. Gryzlov é o atual presidente da agremiação.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaVladimir Putin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.