Governo da Holanda antecipa eleições gerais para 9 de junho

Decisão ocorre depois de coalizão se romper por discordâncias sobre as tropas holandesas no Afeganistão

Efe,

23 de fevereiro de 2010 | 12h48

O governo holandês anunciou nesta terça-feira, 23, a antecipação das eleições gerais do país para 9 de junho, depois de a coalizão no poder cair no fim de semana passado devido as discordâncias dos partidos sobre a permanência das tropas holandesas no Afeganistão.

 

A decisão, comunicada pelo Executivo holandês, ocorre após dois dias de consultas com a rainha Beatrix da Holanda dos líderes dos partidos na Câmara Baixa e diferentes conselheiros.

 

O primeiro-ministro, o democrata-cristão Jan Peter Balkenende, renunciou no sábado passado ao romper a coalizão de governo - integrada pelos democratas-cristãos do CDA, a calvinistas da União Cristã e os trabalhistas de PVDA - por conta da oposição dos ministros trabalhistas de atender ao pedido da Otan para que a Holanda amplie sua presença militar no Afeganistão até 2011.

Tudo o que sabemos sobre:
Holandaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.