Grã-Bretanha convoca embaixador da Espanha por atividade 'provocativa' em Gibraltar

O governo da Grã-Bretanha disse nesta quinta-feira que convocou o embaixador espanhol devido ao que descreveu como atividade "provocativa" da Marinha da Espanha perto do disputado território britânico de Gibraltar.

REUTERS

17 de julho de 2014 | 13h24

A Grã-Bretanha, que administra o território rochoso localizado na entrada do mar Mediterrâneo, disse que um navio da Marinha espanhola tentou redirecionar duas embarcações comerciais que transitavam nos arredores do porto de Gibraltar na quarta-feira, alegando que estariam em águas espanholas.

Os britânicos contestaram a alegação, dizendo que as embarcações se encontravam em águas internacionais. "Isso representa uma tentativa cínica do governo espanhol de prejudicar a economia de Gibraltar, em uma contravenção da legislação internacional", disse David Lidington, ministro britânico para assuntos europeus.

"Condeno essa atividade provocativa", disse ele, alertando a Espanha para que não deixe que esse tipo de ação ocorra novamente.

O incidente é o mais recente de uma longa disputa diplomática entre a Grã-Bretanha e a Espanha sobre Gibraltar, que o governo espanhol cedeu aos britânicos há cerca de 300 anos, mas que agora as autoridades espanholas querem de volta.

(Reportagem de Kylie MacLellan)

Tudo o que sabemos sobre:
GRABRETANHAESPANHAGIBRALTAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.