Grã-Bretanha está preocupada com novo surto de aftosa

A chefe do serviço veterinário daGrã-Bretanha disse que há preocupações sobre um possível novosurto de febre aftosa no sudoeste de Londres, além da zona devigilância estabelecida em volta de um local onde a doença jáse manifestou. Debby Reynolds afirmou na sexta-feira (horário local) queos testes ainda não haviam sido realizados e enfatizou quehavia apenas "leves sinais de infecção".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.