AP
AP

Grã-Bretanha prende homem suspeito de pertencer ao ETA em Londres

Kemen Uranga Artola, 43, foi preso no norte de Londres, em um mandado de detenção europeu

Reuters

08 de agosto de 2012 | 14h50

LONDRES - A Grã-Bretanha prendeu um espanhol em Londres nesta quarta-feira, 8, suspeito de ser um membro do grupo separatista basco ETA, informaram a polícia britânica e o Ministério do Interior da Espanha.

Veja também:

linkDois membros do ETA são presos em Londres

linkEspanha rejeita oferta de diálogo da ETA e pede dissolução do grupo

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Kemen Uranga Artola, 43, foi preso no norte de Londres, em um mandado de detenção europeu. Ele iria aparecer no tribunal mais tarde para uma audiência sobre sua extradição para a Espanha, disse a polícia de Londres.

Ele é o quarto suspeito da ETA preso na Grã-Bretanha nos últimos meses, e o 19o preso no mundo este ano, disse o Ministério espanhol.

Uranga estava procurado pela Espanha desde 2001. Relatos da mídia afirmam que Uranga é suspeito do assassinato de um juiz, José Maria Lidón, que foi morto por um grupo do ETA em 2001.

O ETA disse no ano passado que iria desistir de sua luta armada, que durou mais de 40 anos e custou mais de 800 vidas.

Tudo o que sabemos sobre:
GRABRETANHAETASUSPEITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.