Grã-Bretanha prende libertado de Guantánamo a pedido da Espanha

Um residente britânico libertado daprisão norte-americana na baía de Guantánamo foi detido devidoa um pedido de extradição da Espanha, na quinta-feira, horasdepois de retornar à Grã-Bretanha, informou a polícia.Um porta-voz da polícia identificou o homem como o jordanianode 45 anos Jamil el-Banna, preso em Guantánamo suspeito deterrorismo. "Ele está detido com base em pedido de prisão europeualegando violações ligadas a terrorismo, emitido em nome deautoridades espanholas", disse o porta-voz . Segundo a polícia, Banna deve comparecer perante umtribunal em Londres na quinta-feira. Nenhum outro detalhe foidado de imediato. Banna foi levado a Guantánamo depois de ter sido preso emum aeroporto de Gâmbia, na África, em novembro de 2002. Ele e outros dois presos de Guantánamo, o líbio OmarDeghayes, 37, e o argelino Abdennour Sameur, 33, chegaram àGrã-Bretanha na quarta-feira, depois de permanecerem mais dequatro anos presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.