Hollande aumenta vantagem sobre Sarkozy em pesquisa eleitoral

O candidato socialista francês François Hollande aumentou sua vantagem sobre o presidente Nicolas Sarkozy a três meses da eleição presidencial no país, mostrou uma pesquisa nesta sexta-feira.

REUTERS

27 de janeiro de 2012 | 21h48

A pesquisa da Ifop-Fiducial sobre as intenções de voto também confirmou que o conservador Sarkozy corre o risco de ser nocauteado para fora da disputa no primeiro turno da eleição pela líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, da extrema-direita.

Estimulado por uma nova ofensiva de campanha, Hollande teria 28 por cento de votos no primeiro turno, aumentando 1,5 ponto percentual em relação à semana passada, mostrou a pesquisa.

Já Sarkozy perdeu um ponto percentual, caindo para 22 por cento no mesmo período, com Marine logo atrás, em terceiro, com 20,5 por cento.

Hollande pode se tornar o primeiro chefe de Estado socialista da França em 17 anos.

Ele lançou sua ofensiva de campanha com um discurso no domingo em que censurou o mundo da alta finança, seguido na quinta-feira da apresentação de um manifesto no qual ele promete taxar os bancos, as grandes empresas e os ricos para restaurar a ordem às finanças públicas francesas.

Sarkozy, que vai aparecer em horário nobre na televisão francesa na noite de domingo, deve disputar a reeleição, mas não deve anunciar isso até o final de fevereiro ou início de março.

O primeiro turno da eleição acontece em 22 de abril, e o segundo turno, entre os dois candidatos mais votados, está marcado para 6 de maio.

(Reportagem de Brian Love)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAELEICOESPESQUISA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.