Hollande diz que ação em Mali durará enquanto for necessária

A intervenção militar da França em Mali irá durar enquanto for necessária para derrotar o terrorismo na região, disse o presidente François Hollande no sábado.

Reuters

19 de janeiro de 2013 | 13h50

"As pessoas frequentemente perguntam quanto tempo isso irá durar. Eu respondo, o tempo que levar. O tempo que levar para vencer o terrorismo nessa área", disse.

Hollande, que ordenou os jatos de guerra franceses à ação em Mali há uma semana para parar o avanço islâmico, também disse que a crise de reféns na usina de gás no deserto na Argélia oferece mais evidência de que a ação da França na região é justificada.

Ele disse que tentativas das autoridades argelinas de extirpar os sequestradores estavam para acontecer mas os relatos agora são de que a operação já chegou a um fim.

"Reféns foram mortos, assassinados de forma covarde", disse Hollande.

(Reportagem de Brian Love e Elizabeth Pineau)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAMALIACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.