Jacky Naegelen/AP
Jacky Naegelen/AP

Hollande e Sarkozy recordam juntos fim da 2a Guerra

O socialista tomará posse no dia 15, após ser eleito no último domingo

VICKY BUFFERY, REUTERS

08 Maio 2012 | 18h13

PARIS - O presidente eleito da França, François Hollande, ficou lado a lado com o presidente derrotado nas urnas Nicolas Sarkozy nesta terça-feira, 8, exibindo uma frente unida após meses de rivalidade ao celebrar o fim da 2a Guerra Mundial em Paris.

Veja também:

tabela ESPECIAL: Eleições na França

link Hollande toma posse em 15 de maio como novo presidente da França

Hollande derrotou o conservador Sarkozy no segundo turno das eleições de domingo para se tornar o primeiro presidente socialista do país em 17 anos, encerrando uma áspera campanha.

No entanto, em uma cerimônia no Arco do Triunfo, os dois ficaram juntos, em silêncio, e depositaram uma coroa de flores no Túmulo do Soldado Desconhecido para lembrar o Dia da Vitória na Europa e a rendição dos nazistas em 8 de maio de 1945.

"Os franceses votaram e ambos os presidentes... tinham de estar aqui para homenagear todos aqueles que perderam suas vidas pelo país", disse Hollande a repórteres.

"Nos enfrentamos nas eleições, mas era nosso dever estar aqui nesta cerimônia. Os cidadãos da França devem sentir orgulho de que a República está unida", disse.

Hollande, o autodenominado "Sr. Normal", procurou ao longo de sua campanha se mostrar como um homem capaz de unir a França depois que os seus partidários disseram que o mandato de cincos anos de Sarkozy foi marcado por divisões.

Após uma campanha marcada pela raiva sobre a crise econômica, o estilo presidencial impopular de Sarkozy e o seu suposto favorecimento dos ricos, Hollande venceu no domingo prometendo lutar por igualdade e justiça.

Hollande tomará posse no dia 15.

Mais conteúdo sobre:
FRANCASARKOZYHOLLANDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.