Homem-Aranha francês escala arranha-céu em Moscou

Trabalhadores do edifício inacabado, de 242 metros, aplaudiam e comemoravam progesso de Alain Robert

REUTERS

04 de setembro de 2007 | 16h15

O francês Alain Robert, conhecido como "Homem-Aranha" por escalar alguns dos prédios mais altos do mundo sem equipamento de segurança, escalou nesta terça-feira um arranha-céu incompleto em Moscou.Alain Robert diz que já foi preso e multado mais de 100 vezes por escalar arranha-céus em todo o mundo, mas nesta terça-feira a polícia de Moscou o libertou após ele subir no prédio e verificar que seus papéis de identificação estavam em ordem, informaram agências de notícias.Imagens da televisão mostraram o cabeludo Homem-Aranha escalando uma escada exterior em um dos cantos do Torre 2, de 242 metros de altura, da Torre da Federação, enquanto trabalhadores aplaudiam e comemoravam seu progresso.Uma ponta no topo da ainda incompleta Torre 1 elevará a altura do edifício a 448 metros, fazendo do prédio o mais alto da Europa, segundo o seu arquiteto.

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAHOMEMARANHAESCALA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.