Homem-bomba mata uma pessoa em atentado no Cáucaso do Norte

Um homem-bomba matou uma pessoa e feriu outras quatro, nesta segunda-feira, na província russa do Daguestão, onde o Kremlin luta para conter uma insurgência islâmica separatista, afirmaram agências de notícias da Rússia.

REUTERS

14 de fevereiro de 2011 | 17h02

O suicida detonou os explosivos depois de se aproximar de uma delegacia em Gubden, um vilarejo 150 quilômetros ao sul da capital provincial Makhachkala, afirmou a agência estatal RIA, citando uma autoridade do Ministério do Interior.

As vítimas faziam parte das tropas ministeriais destinadas a proteger o prédio policial, segundo a agência.

Gubden é conhecida por ter supostas ligações com a insurgência, que defende a criação de um Estado islâmico no Cáucaso do Norte, majoritariamente muçulmano, região que inclui Daguestão e outras províncias.

Duas mulheres do Daguestão se explodiram no metrô de Moscou em março do ano passado, matando 40 pessoas.

(Reportagem de Amie Ferris-Rotman)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIADAGUESTAOEXPLOSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.