Idoso de 88 anos mata esposa e filhas na Finlândia

Depois de cometer os crimes, senhor voltou para casa e se matou

Sakari Suoninen - Reuters,

15 de junho de 2008 | 17h26

Um homem de 88 anos de idade matou suas duas filhas adultas e sua esposa em Ilitornio, no norte da Finlândia, antes de se matar neste domingo, disse um policial local.  "O homem matou primeiro suas duas filhas, na sua casa, depois dirigiu até um hospital onde atirou em sua esposa, que morreu pouco tempo depois", disse o chefe de polícia de Ylitornio, Seppo Kinnunen, a agência Reuters. "Ele voltou então para casa, onde se matou".  As duas filhas, ambas com idade em torno de cinqüenta anos, eram deficientes mentais, disse Kinnunen.

Tudo o que sabemos sobre:
Finlândiasuicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.