Incêndio em gerador interrompe funcionamento de usina

O incêndio de um gerador elétrico que já foi desligado provocou neste domingo, 24,  a suspensão das operações da usina nuclear de Vandellòs II, na província de Tarragona, no nordeste da Espanha, e a ativação do nível de pré-alerta do Plano de Emergência Interno. Segundo o Conselho de Segurança Nuclear espanhol (CSN), o fogo, detectado às 8h49 (3h49 de Brasília), foi debelado uma hora e meia depois da chegada dos bombeiros. Os sistemas de segurança funcionaram conforme o previsto, acrescentou o CSN, segundo quem a usina está "parada e estável" e o incidente "não teve impacto algum sobre os trabalhadores ou o meio ambiente". O prefeito de Vandellòs, Josep Castellnou, minimizou o ocorrido em declarações à Agência Efe e pediu calma em relação ao incidente, que, segundo destacou, quase não foi percebido pela população. "Aconteceu na parte comum da usina, longe do núcleo do reator, e foi controlado com recursos próprios em dez minutos", acrescentou. Castellnou confirmou que a Associação Nuclear Ascó-Vandellòs (Anav) abrirá agora uma investigação interna na usina para esclarecer as causas do incêndio.

24 de agosto de 2008 | 11h22

Tudo o que sabemos sobre:
UsinageradorincêndioEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.