Incêndios florestais matam 16 pessoas no sul da Grécia

Grécia enfrenta um dos piores incêndios provocados por temperaturas recordes, seca e sabotadores

Agências internacionais,

24 de agosto de 2007 | 11h20

Incêndios florestais fora de controle provocaram a morte de pelo menos 16 pessoas no sul da Grécia e levaram autoridades locais a esvaziar bairros de uma cidade e diversas aldeias nesta sexta-feira.   Há três incêndios de grandes proporções devastando a região do Peloponeso, onde fortes ventos impedem os bombeiros de enviar aviões à região, limitando consideravelmente os esforços de combate às chamas.   De acordo com os bombeiros locais, pelo menos seis pessoas morreram presas em carro perto da aldeia de Komotheika, no oeste do Peloponeso. Mais seis pessoas foram encontradas mortas em diferentes locais de Areopolis, informou o Corpo de Bombeiros. Todos os hotéis e alguns bairros da cidade foram esvaziados por precaução.   Trata-se do dia com maior número de mortos atribuídas aos incêndios disseminados pelo calor e pelos ventos secos nas florestas gregas.   A noroeste dali, um incêndio no Monte Taigetos saiu de controle em diversas frentes, levando ao esvaziamento de três povoados e à declaração de um estado de emergência em duas áreas. Diversas casas foram atingidas e uma estrada entre Esparta e Kalamata foi interditada, prosseguiram os bombeiros.   Os incêndios estão entre os mais de 150 focos registrados em todo o país ao longo das últimas 24 horas. "A situação é dramática", disse o bombeiro Nikos Diamandis a uma emissora local de televisão.   A Grécia sofreu em 2007 um dos piores verões dos últimos anos em termos de incêndios florestais, com o surgimento de centenas de focos e a devastação de milhares de hectares de florestas.   Spyros Flogaitis, ministro interino de Interior da Grécia, pediu à União Européia (UE) que envie "a ajuda que for possível".

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciaincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.