Ingrid chega a hospital militar de Paris para exames médicos

Ex-refém deverá passar por série de exames para determinar se sofre de hepatite B ou qualquer outra doença

Efe,

05 de julho de 2008 | 10h21

A franco-colombiana Ingrid Betancourt chegou neste sábado, 5, ao hospital militar de Val-de-Grâce, em Paris, para ser submetida a um exaustivo exame médico, após ficar por quase seis anos e meio em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Ingrid, de 46 anos, chegou à entrada principal do hospital em um carro blindado e escoltada pela polícia.  Veja também:Ingrid Betancourt é recebida por Nicolas Sarkozy na França'Fiquei acorrentada 24 horas por dia durante 3 anos' O drama de IngridPor dentro das Farc Histórico dos conflitos armados na região   Cronologia do seqüestro de Ingrid BetancourtLeia tudo o que foi publicado sobre o caso Ingrid BetancourtO seqüestro de Ingrid Betancourt  A ex-refém já tinha sido examinada pelo médico do Palácio do Eliseu, Christophe Fernández, no avião da República Francesa que a levou na sexta-feira a Paris, onde foi recebida como uma heroína. Fernández descreveu seu estado de saúde como "satisfatório", mas Ingrid deverá agora passar uma série de exames para determinar se sofre de hepatite B ou outra doença contraída devido às condições insalubres nas quais viveu durante seu cativeiro. Ingrid Betancourt foi liberada na quarta-feira passada, junto a outros 14 reféns das Farc, em uma operação do Exército colombiano.

Tudo o que sabemos sobre:
Ingrid BetancourtFarc

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.