Irlanda acusa holandês por ameaça de bomba em avião

Passageiro foi detido pela polícia irlandesa após aeronave, que se destinava ao Caribe, retornar ao país

AE-AP,

14 de janeiro de 2010 | 13h04

A polícia da Irlanda acusou formalmente nesta quinta-feira, 14, um holandês de 44 anos por ter feito ameaças de bomba durante um voo com destino ao Caribe, o que forçou o retorno da aeronave para território irlandês.

 

A empresa aérea holandesa Arkefly informou que seu Boeing 767, com 224 passageiros e 11 tripulantes a bordo, viajava na quarta-feira de Amsterdã para Aruba quando o passageiro disse que havia colocado uma bomba na aeronave. O piloto levou o avião para o aeroporto Shannon, no oeste da Irlanda.

 

Buscas realizadas na aeronave não encontram nada suspeito. Os demais passageiros viajaram para Aruba em outro avião. A polícia disse que o homem holandês foi levado a juízo nesta quinta-feira no tribunal distrital de Ennis, perto do aeroporto. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irlandabombaaviao

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.