Irlanda do Norte acusa adolescente por morte de policial

Polícia diz que jovem de 17 anos possuia arma de fogo 'com intenção de colocar vidas em perigo'

Agência Estado e Associated Press,

23 de março de 2009 | 20h58

A polícia da Irlanda do Norte (província do Ulster) anunciou nesta segunda-feira, 23, que acusou um adolescente de 17 anos pelo assassinato de um policial. A polícia afirma que o adolescente é acusado pelo assassinato do policial Stephen Carroll na noite de 9 de março e por possuir uma arma de fogo "com a intenção de colocar vidas em perigo."

 

Veja também:

lista Entenda o conflito na Irlanda do Norte

 

O assassinato do policial Carroll foi o segundo de dois ataques mortíferos contra as autoridades na província da Irlanda do Norte. O ataque ocorreu dois dias após homens desconhecidos terem metralhado a entrada de um quartel britânico e matado dois soldados no episódio.

 

Ambos os ataques foram assumidos por grupos dissidentes do Exército Republicano Irlandês (IRA, na sigla em inglês). A polícia também informou que o adolescente foi acusado de pertencer à dissidência IRA Continuidade.

Tudo o que sabemos sobre:
Irlanda do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.