Itália chama de volta seus diplomatas na Síria

A Itália chamou de volta toda a equipe de sua embaixada em Damasco e suspendeu as atividades diplomáticas na Síria, afirmou o Ministério de Relações Exteriores nesta quarta-feira.

REUTERS

14 de março de 2012 | 10h19

Um comunicado da chancelaria afirmou que a medida foi tomada por motivos de segurança e para ressaltar "a condenação mais forte possível do governo italiano à violência inaceitável do regime sírio contra os seus próprios cidadãos".

(Reportagem de Philip Pullella)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAEMBAIXADASIRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.