Itália proporá criação dos 'amigos do Iêmen' em conferência

Proposta será apresentada em reunião internacional convocada por Gordon Brown para o dia 28 de janeiro

Efe,

08 de janeiro de 2010 | 14h36

O governo da Itália proporá a criação de um "grupo de amigos do Iêmen" na conferência internacional de Londres no dia 28 de janeiro convocada pelo primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, segundo anunciou nesta sexta-feira, 8, um funcionário do Ministério de Assuntos Exteriores italiano.

 

Maurizio Massari, chefe de comunicação do ministério, disse que a proposta será levada à conferência pelo titular da pasta, Franco Frattini, e já foi antecipada aos ministros dos países da União Europeia.

 

Segundo Massari, o objetivo da proposta é reunir os países dispostos a colaborar entre si com as autoridades iemenitas para reforçar as medidas de segurança e controlar melhor o território.

 

A conferência convocada por Brown visa a discussão sobre a situação do país do Oriente Médio, que se tornou o centro das atenções da comunidade internacional após o nigeriano responsável pelo atentado frustrado em um voo nos EUA revelar que recebeu treinamento no Iêmen.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaUniao EuropeiaEuropaIêmen

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.