Itália registra 71 réplicas de terremoto em uma noite

Maior tremor chegou a 5,2 graus na escala Richter; número de vítimas fatais subiu para 279

09 de abril de 2009 | 10h15

Na noite dessa quarta, 8, foram registradas 71 réplicas - a maior delas de 5,2 graus na escala Richter - após o terremoto que assolou a região central da Itália na segunda-feira, 6, disse nesta quinta-feira, 9, o presidente da região de Abruzzo, Gianni Chiodi.

 

"Durante a noite da segunda-feira passada, quando houve abalo mais forte de 5,8 graus de magnitude, houve outros mil movimentos sísmicos", acrescentou.

 

O número de vítimas fatais do terremoto que castigou a região de Abruzzo na madrugada da segunda-feira subiu para 279, depois que, na madrugada passada, foram encontrados os cadáveres de dois jovens na Casa do Estudante, em L'Aquila.

 

Um dos corpos recuperados foi levado para a Escola da Guarda de Finanças, onde amanhã acontecerá o funeral, às 11h (6h de Brasília).

 

Segundo as autoridades, agora só restam dois corpos a serem identificados.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliraL Aquilaterremotoréplica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.