Massimo Percossi/EFE
Massimo Percossi/EFE

Itália registra caso da variante do coronavírus detectada no Reino Unido

Paciente esteve no Reino Unido nos últimos dias e está em isolamento; governo italiano anunciou neste domingo que vai proibir voos vindos do país

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2020 | 18h22

ROMA - Autoridades sanitárias da Itália detectaram um paciente infectado com a nova cepa do coronavírus registrada no Reino Unido, comunicou o Ministério da Saúde do país neste domingo, 20. O caso registrado é de um paciente que retornou do Reino Unido em um voo que aterrissou no aeroporto Fiumicino, em Roma. Ele e um acompanhante foram postos em isolamento e as autoridades garantem que, junto com outros familiares e contatos próximos, estão todos seguindo os protocolos estabelecidos pelo Ministério.

O vírus foi sequenciado pelo departamento científico do hospital policlínico Celio, em Roma, que verificou ser a mesma variante do SARS-CoV-2 encontrada nas últimas semanas no Reino Unido. A nova mutação foi detectada pela primeira vez no sudeste da Inglaterra em setembro e está rapidamente se tornando a cepa dominante em Londres e em outras regiões do país. O primeiro-ministro Boris Johnson afirma que a variante pode ser até 70% mais transmissível do que as versões anteriores do vírus, mas especialistas disseram que a cepa não parece mais mortal ou mais resistente às vacinas.

A Itália suspendeu os voos do Reino Unido neste domingo e proibiu a entrada de pessoas que estiveram naquele país nos últimos quatorze dias. A decisão já foi comunicada às autoridades britânicas, afirmou o ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio. Pessoas que estiveram no Reino Unido e já estão na Itália precisarão se submeter a um teste para detectar a presença do vírus.

Tendo em vista que a curva epidemiológica não caiu conforme o esperado após as restrições aprovadas em 3 de dezembro, o governo italiano decretou o confinamento da população nas festas de fim de ano. Nas últimas vinte e quatro horas, foram registrados 15.104 novos casos do coronavírus na Itália e 352 óbitos. O país já contabiliza 68.799 mortos pela pandemia./AFP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.