Itália relata provável caso de doença da vaca louca em humano

O Ministério da Saúde da Itália reportou nesta sexta-feira um "provável" caso da síndrome de Creutzfeldt-Jakob, a forma humana da doença da vaca louca.

REUTERS

23 de outubro de 2009 | 14h42

Desde que os registros nacionais foram criados, em 1993, a Itália teve apenas um caso conhecido da doença, em 2002.

O Ministério da Saúde afirmou que o provável caso foi infectado antes de dezembro de 2000, quando passou a ser proibido no país o uso de ração com carne e ossos de animais.

A doença da vaca louca, ou encefalopatia espongiforme bovina (BSE), é uma doença fatal que ataca o cérebro do gado. Surgiu pela primeira vez na década de 1980.

Acredita-se que os seres humanos possam contrair uma variação fatal da doença comendo partes infectadas de animais que sofrem do mal.

(Reportagem de Silvia Aloisi)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAVACALOUCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.