Italiano é resgatado após remar 10 meses pelo Pacífico

Alexandro Bellini tentava navegar sozinho do Peru à Austrália; ele foi salvo a 118 km do litoral australiano

Efe,

13 de dezembro de 2008 | 11h08

O remador italiano Alexandro Bellini, que tentava navegar sozinho do Peru à Austrália, chegou neste sábado, 13, ao porto de Newcastle, no estado de Nova Gales do Sul, após ser resgatado em alto-mar por um rebocador.   Bellini, que partira há dez meses de Lima, foi resgatado na tarde de sexta-feira pelo navio neozelandês "Katea", depois de sua mulher avisar às autoridades australianas que seu marido necessitava ajuda e que se encontrava a cerca de 65 milhas náuticas (cerca de 118 quilômetros) do litoral australiano.   Segundo a rádio australiana "ABC", Bellini, que sobreviveu a base de alimentos secos, aparentava estar em bom estado de saúde quando encontrou neste sábado sua mulher, Francesca, no porto de Newcastle.   O aventureiro italiano se mostrou descontente por não ter concluído com sucesso seu projeto de remar sozinho desde o Peru, de onde zarpou em fevereiro, até a Austrália.  

Tudo o que sabemos sobre:
Alexandro Bellini

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.