Jantar em Londres com Assange, do WikiLeaks, sai por US$575

Oito admiradores do site WikiLeaks e deu seu fundador, Julian Assange, terão a oportunidade de jantar com o australiano no próximo mês pelo preço inicial de 350 libras (575 dólares) por pessoa.

REUTERS

14 de junho de 2011 | 16h38

Um anúncio publicado no site de leilões E-Bay informa que um jantar de três horas será realizado em 2 de julho para levantar fundos, e que Assange estará acompanhado de Slavoj Zizek, um acadêmico esloveno citado pelo Wikipedia como um "radical de esquerda".

O anúncio do E-Bay afirma que Zizek é um "renomado filósofo esloveno".

Segundo o site de leilões, o dinheiro arrecadado com o jantar será usado "para o benefício do WikiLeaks", mas não há detalhes. O local do evento foi descrito apenas como "um dos restaurantes mais chiques de Londres".

Assange enfureceu os Estados Unidos após a publicação de dezenas de milhares de documentos diplomáticos secretos dos EUA, e agora luta contra a extradição da Grã-Bretanha para a Suécia, onde é acusado de crimes sexuais.

Após o almoço do dia 2 de julho, Assange terá um encontro público com Zizek sobre "o impacto do WikiLeaks no mundo e o que isso significa para o futuro".

Um link para o anúncio no E-Bay foi publicado nesta terça-feira na conta de Twitter do WikiLeaks, um dos principais meios de comunicação de Assange com o público desde que foi solto da prisão este ano por autoridades britânicas.

(Reportagem de Mark Hosenball)

Tudo o que sabemos sobre:
GRABRETANHAWIKIASSANGEJANTAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.