Jornais pedem desculpas aos pais de Madeleine pelas acusações

Empresa de comunicação é condenada a pagar R$ 1,8 mi em indenização por culpar casal pelo desaparecimento

Agências internacionais,

19 de março de 2008 | 02h59

Dois jornais britânicos pedem nesta quarta-feira, 19, desculpas em suas capas aos pais de Madeleine McCann, a menina que desapareceu no dia 3 de maio de 2007 em Portugal, informou a BBC. A empresa de comunicação foi condenada a pagar 550 mil libras (R$ 1,8 milhão) aos pais da menina  por ter publicado matérias que sugeriram seu envolvimento no desaparecimento da filha, em maio do ano passado, em Portugal.   Veja também Ossos encontrados em lago não são de Madeleine Ministro português diz que caso Madeleine está quase concluído   Os jornais The Daily Express e The Daily Star retificaram suas informações e pediram desculpas em suas capas por divulgar uma suposta ligação de Kate e Gerry McCann com o desaparecimento de Madeleine.   "Sabemos que não há provas para sustentar outra teoria que não seja a de que Kate e Gerry são completamente inocentes e que não têm relação alguma com o desaparecimento de sua filha", afirmaram os dois jornais.   As publicações, que pertencem ao grupo Express, publicaram informações de que o casal McCann estava relacionado com o desaparecimento de Madeleine, o que os pais da menina qualificaram de "difamação grotesca".   Madeleine desapareceu no dia 3 de maio de 2007, poucos dias depois de completar 4 anos, de seu quarto em um hotel em Praia da Luz, no Algarve português. Semanas depois, a polícia portuguesa declarou os pais suspeitos do desaparecimento. O casal sempre alegou inocência no caso e iniciou uma campanha internacional para a busca da menina.   O processo judicial movido pela família envolvia mais de 100 matérias publicadas pelos jornais. Para os advogados dos McCann, alguns artigos eram "brutalmente difamatórios". A sentença ainda estipula que o advogado do Express Newspapers terá de ler um pedido de desculpas diante de um juiz na Alta Corte britânica. Gerry e Kate McCann disseram que o dinheiro será doado ao Fundo Madeleine, dedicado às buscas pela menina.   Matéria ampliada às 9h45.

Tudo o que sabemos sobre:
Madeleine McCanndesaparecimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.