Justiça da Espanha condena 21 por ataque a trens de Madri

Um juiz espanhol determinou nestaquarta-feira que 21 pessoas são culpadas de envolvimento nosataques contra trens de Madri no dia 11 de março de 2004. Osatentados deixaram 191 mortos. Sete dos outros acusados no caso foram absolvidos,incluindo Rabei Osman Sayed Ahmed, que está detido na Itáliadesde que foi condenado por pertencer a um grupo terroristainternacional. O marroquino Jamal Zougam foi sentenciado a mais de 40 milanos de prisão, embora pela lei da Espanha ele só possa ficarpreso no máximo 40 anos. O espanhol Emilio Suarez Trashorras, culpado por terfornecido explosivos, também recebeu uma pena de milhares deanos de detenção. (Reportagem de Jane Barrett)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.