Justiça da França sentencia mulher que matou seis filhos recém-nascidos

Celine Lesage asfixiou quatro bebês e enforcou os outros dois em 2007

Associated Press,

18 de março de 2010 | 18h29

Uma mulher francesa de 38 anos foi declarada culpada nesta quinta-feira, 18, por ter matado seis de seus filhos recém-nascidos, e condenada a 16 anos de prisão.

 

Horas antes do veredicto, Celine Lesage reafirmou o que já havia dito a investigadores: que ela matou seus gêmeos no dia do nascimento. "Sim, eu mateis os bebês", disse ela após ouvir sua sentença. "Eu fiz isso, mas não consigo explicar o porquê", acrescentou a mulher, entre lágrimas.

 

Lesage sufocou quatro dos seus filhos e outros dois foram enforcados com pequenas cordas em setembro de 2007, afirmou um legista da Normandia, no norte da França. Ela foi acusada de homicídio qualificado e poderia ter pego prisão perpétua.

 

Celine foi presa em 2007 após o seu marido na época e pai dos bebês,Luc Margueritte, encontrar os corpos dos bebês em sacos de lixo no porão do edifício onde o casal morava, em Valognes.

 

No quarto e último dia do julgamento, Lesage disse à corte que não havia premeditado o crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.