Kremlin elogia cessar-fogo na Ucrânia e pede que seja cumprido pelas partes

O Kremlin saudou o acordo de cessar-fogo firmado entre o governo da Ucrânia e os rebeldes pró-Rússia nesta sexta-feira, e pediu a todos os lados que o cumpram atentamente, segundo agências de notícias russas.

REUTERS

05 de setembro de 2014 | 12h03

"O gabinete presidencial russo saúda a assinatura do protocolo em Minsk", disse o porta-voz do presidente Vladimir Putin, Dmitry Peskov, de acordo com a agência russa Interfax.

Ele observou que o acordo ocorreu depois de iniciativas de Putin e do presidente ucraniano, Petro Poroshenko, e acrescentou: "Moscou espera que todas as disposições do documento e os acordos alcançados sejam cuidadosamente observados pelas partes, e que o processo de negociação continue até que a crise na Ucrânia seja totalmente solucionada."

(Reportagem de Tatyana Ustinova)

Mais conteúdo sobre:
RUSSIAACORDOUCRANIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.