Líder de centro-direita da Itália não descarta apoio a Monti

O líder da bancada na Câmara dos Deputados do Povo da Liberdade (PDL), partido do primeiro-ministro Silvio Berlusconi, disse no sábado que não descarta o apoio a um governo de emergência chefiado pelo ex-comissário europeu Mario Monti.

REUTERS

12 de novembro de 2011 | 09h44

Berlusconi deve renunciar oficialmente ao cargo neste sábado, em meio a uma grave crise econômica no país.

Fabrizio Cichitto disse a jornalistas que o apoio dependeria do programa e da composição do governo. O PDL está dividido entre os que dizem que eles irão apoiar o governo liderado por Monti e aqueles que desejam que um político lidere o futuro governo.

(Por Paolo Biondi)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAPDLAPOIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.