Londrino ganha US$330 mil em aposta milionária no 'não' do referendo escocês

Um apostador londrino ganhou quase 200 mil libras esterlinas (330 mil dólares) nesta sexta-feira após fazer uma grande aposta política em que a Escócia rejeitaria a independência em um referendo.

REUTERS

19 de setembro de 2014 | 08h57

O ganhador foi recompensado após ter apostado um total de 900 mil libras no voto pelo “Não" em quatro grandes jogos feitos desde junho em uma unidade no sudeste de Londres da casa de apostas William Hill, segundo a empresa.

As casas de apostas promovem jogos políticos como uma alternativa aos jogos de azar de esportes, como corrida de cavalos e futebol.

A William Hill, maior casa de apostas da Grã-Bretanha, disse ter recebido cerca de 3 milhões de libras em apostas sobre o referendo.

Esse número foi o triplo das apostas feitas com a companha na última eleição geral britânica, em 2010, e mais ou menos o equivalente ao total de apostas que espera para uma grande partida de futebol no campeonato inglês.

As chances oferecidas pelos organizadores indicaram que eles acreditavam que os escoceses iriam rejeitar a independência no referendo histórico.

(Por Keith Weir)

Mais conteúdo sobre:
GRABRETANHAESCOCIAAPOSTAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.