Madri prende 45 após protesto contra cortes de custo

A polícia espanhola prendeu 45 pessoas após protestos no sábado que reuniram milhares de pessoas contra as medidas de austeridades e supostos atos de corrupção no governo.

Reuters

24 de fevereiro de 2013 | 11h10

No sábado, o centro de Madri foi palco de uma manifestação pacífica em frente ao Parlamento, cujo acesso a polícia fechou, como fez com o Ritz Hotel e a Bolsa de Madri.

No entanto, após os manifestantes se dispersarem houve confusão na noite de sábado e começo de domingo perto da estação de Atocha. Dos presos, nove tinham menos de 18 anos, segundo a polícia, e cerca de 40 pessoas ficaram feridas, 12 delas policiais.

(Por Raquel Castillo)

Tudo o que sabemos sobre:
ESPANHAPROTESTOPRESO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.