Mais de 18 milhões de romenos elegem novo presidente

É a primeira eleição na Romênia desde o ingresso da nação na União Europeia

Efe,

06 de dezembro de 2009 | 06h12

Colégios eleitorais da Romênia abriram neste domingo, 6, suas portas às 7h local (3h de Brasília) para que mais de 18 milhões de cidadãos possam escolher um novo chefe do Estado nas primeiras eleições presidenciais desde o ingresso do país na União Europeia, em janeiro de 2007.

 

O atual presidente de centro-direita, o reformista Traian Basescu, aspira a seu segundo mandato perante o candidato social-democrata, Mircea Geoana.

 

As últimas pesquisas dão a Geoana 54% dos votos e 46% a seu Rival. Basescu venceu Geoana no primeiro turno por uma margem inferior a dois pontos.

 

Depois das longas filas que se formaram nas seções de voto de todo o país durante o primeiro turno, o Ministério do Interior decidiu aumentar o número de colégios.

 

Geoana contará com o apoio do candidato derrotado do Partido Nacional Liberal (PNL) no primeiro turno, Crin Antonescu.

 

O PNL pediu o voto para Geoana em troca que este designe primeiro-ministro, em caso de ganhar, o prefeito independente de Sibiu,Klaus Johannis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.