Mais de um milhão participam de votação sobre independência da Catalunha

Plebiscito que mobilizou eleitores questionava se a região deveria se tornar um Estado; iniciativa, contudo, não tem valor oficial

Estadão Conteúdo

09 Novembro 2014 | 13h38

Barcelona - Mais de um milhão de eleitores participaram neste domingo da votação informal sobre a independência da Catalunha, informou o governo catalão. Segundo a administração regional, cerca de 1,1 milhão dos 5,4 milhões eleitores da região votaram nas zonas eleitorais supervisionadas por mais de 40 mil voluntários. Os resultados devem sair na manhã da segunda-feira.

"Apesar dos enormes impedimentos, nós fomos capazes de instalar as urnas e votarmos", disse o presidente da Catalunha, Artur Mas, após depositar seu voto em uma escola de Barcelona. O plebiscito questionava aos eleitores se a Catalunha deveria se tornar um Estado e, se sim, se deveria ser independente.

A administração regional catalã deu prosseguimento ao plebiscito apesar da Corte Constitucional espanhola ter ordenado seu cancelamento na quinta-feira. A decisão da Justiça respondeu aos pedidos do governo da Espanha, que considerou a votação inconstitucional.

Mas lembrou que a votação, que não garante nenhum tipo de efeito prático, é apenas simbólica e provavelmente deve levar à antecipação das eleições regionais, que poderão levar ao entendimento para um plebiscito oficial sobre a independência.

Pesquisas mostram que a maioria dos 7,5 milhões de catalães quer um plebiscito oficial sobre a independência. Cerca de metade da população regional é a favor de quebrar os laços centenários com a Espanha. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
CatalunhaEspanhaindependencia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.