Manifestantes entram em confronto com a polícia em Londres

Manifestantes entraram em confronto com a polícia no centro de Londres na quarta-feira, quando milhares de estudantes de vários níveis de ensino protestaram em toda a Grã-Bretanha contra o plano do governo de aumentar o preço das anuidades das universidades.

ISABEL COLES E STEFANO AMBROGI, REUTERS

24 de novembro de 2010 | 16h01

Grupos pequenos de manifestantes jogaram placas contra os policiais e atacaram uma van da polícia enquanto se aproximavam do Parlamento no centro de Londres. A polícia informou que três pessoas foram presas na capital por desordem violenta, o que muitos estudantes criticaram, dizendo que isso enfraquece a causa deles.

Os jovens fizeram passeatas em universidades, escolas e faculdades em um dia nacional de ação contra as propostas do governo de coalizão, liderado pelos conservadores, de quase triplicar as anuidades para até 9 mil libras (14.500 dólares).

"Tenho uma opinião bem forte sobre as anuidades. Quero entrar na universidade e não posso pagar por isso. Não sou rico e por isso estou aqui", disse o estudante de Londres Ben Batten, de 15 anos.

"Apesar disso, não acho que seja certo destruir uma van da polícia", acrescentou. Outro estudante disse que os que pularam sobre o automóvel estavam na manifestação apenas para causar tumulto.

A mídia concentrou sua atenção na van em meio ao mar de manifestantes. Alguns chegaram a invadir a viatura.

"As pessoas têm o direito de participar de protestos pacíficos e legais, mas não há lugar para violência nem para intimidação", disse o porta-voz do primeiro-ministro britânico, David Cameron.

Há duas semanas, manifestantes invadiram o edifício que abriga a sede do Partido Conservador em Londres, na primeira grande manifestação diretamente associada ao corte de gastos de 81 bilhões de libras (130 bilhões de dólares) anunciado pela coalizão no mês passado.

Os estudantes sentem-se traídos pelo governo de coalizão, em especial pelo partido Liberal Democrata, que prometera votar contra o aumento das anuidades das universidades.

Tudo o que sabemos sobre:
GRABRETANHAPROTESTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.