Marcha contra a divisão da Bélgica reúne 25 mil pessoas

Desde as eleições legislativas, em 10 de junho, o país tenta um acordo para formar um governo

AP,

18 de novembro de 2007 | 12h52

Cerca de 25 mil pessoas se reuniram hoje na Bélgica em uma manifestação contra os projetos de divisão do país. Os populares se concentraram em um parque de Bruxelas, onde cantaram o hino belga, muitos deles levantando a bandeira nacional.   Em meio à crescente discussão acerca da separação entre o abastado norte e o empobrecido sul, os críticos dessa idéia passaram a se organizar mais e nas últimas semanas já recolheram mais de 140 mil assinaturas contra a divisão.   Foto: Efe   A disputa envolve os flamengos de Flandres, no norte, que falam predominantemente o holandês, e os francófonos da Valônia, no sul. Trata-se de uma das piores crises em meio século na Bélgica, um país de 11 milhões de habitantes onde as delicadas questões lingüísticas costumam pautar as discussões políticas.

Tudo o que sabemos sobre:
Bélgica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.