Efe
Efe

Medvedev insiste em criar novo sistema de segurança europeu

Para presidente russo, 'um mundo em paz só é possível onde se respeitam as normas do direito internacional'

Efe,

09 de maio de 2009 | 06h17

O presidente russo, Dmitri Medvedev, insistiu neste sábado, 9, em sua iniciativa de criar um novo sistema de segurança europeu durante um breve discurso na Praça Vermelha, pela ocasião do 64º aniversário da vitória sobre a Alemanha nazista.

 

"Um mundo em paz só é possível onde se respeitam as normas do direito internacional. É por isso que a Rússia propôs um novo acordo de segurança europeu", assinalou.

 

Medvedev ressaltou que esse novo acordo de segurança continental deve ser consolidado na cooperação multilateral, no controle de armamento e na regulação exclusivamente pacífica dos conflitos.

 

Ele não economizou críticas para as "aventuras militares" de alguns países, em clara alusão à Geórgia, que Moscou acusa de agressão contra a região separatista da Ossétia do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
EuropaRússiaDmitri Medvedev

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.