Membro do partido de Putin é morto a tiros no Cáucaso

Dois homens armados mataram a tiros um membro do partido do governo da Rússia nesta terça-feira no norte do Cáucaso, onde o Kremlin combate uma insurgência islâmica, disseram investigadores.

Reuters

25 de dezembro de 2012 | 12h32

Agressores não identificados invadiram o gabinete de Boris Zherukov em Nalchik, capital da província de Kabardino-Balkaria, e atiraram duas vezes na cabeça dele, disse o Comitê de Investigação da Rússia em um comunicado.

Zherukov era chefe do partido Rússia Unida, do presidente Vladimir Putin, no Parlamento local. Ele também era reitor da Universidade Agrícola Estatal.

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAMORTEGOVERNO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.