Mensagem de Natal de rainha Elizabeth II focará na economia

Com desemprego subindo e economia britânica entrando em recessão, ela dirá que festas serão encobertas

Reuters,

24 de dezembro de 2008 | 15h05

A rainha Elizabeth II usará sua mensagem anual de Natal para falar sobre as preocupações dos britânicos com a crise econômica. Com o desemprego subindo e a economia britânica entrando em recessão, a rainha dirá que as festas deste ano serão encobertas por alguns temores para o futuro. Ela ainda falará sobre algumas preocupações causadas por conflitos com alguns países como Iraque e Afeganistão.   "O Natal é tempo de celebração, mas neste ano essa é uma ocasião mais sombria para muitos", dirá a rainha, de acordo com trechos da mensagem adiantada pelo Palácio de Buckingham. "Algumas daquelas coisas que uma vez pareciam garantidas de repente parecem menos certas, e naturalmente crescem os sentimentos de insegurança."   Elizabeth II ainda deve dizer que "as pessoas são atingidas por eventos que têm suas raízes longe, ao redor do mundo. Se isso é a economia global ou a violência em uma terra distante, os efeitos podem ser sentidos em casa."   A mensagem desse ano deve ser lida pela rainha em pé, em frente ao piano da sala de música do Palácio de Buckingham, às 15h (no horário local). O pronunciamento anual desse ano deve ser transmitido pela televisão, rádio e ainda pelo YouTube.

Tudo o que sabemos sobre:
Elizabeth IIReino UnidoNatal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.