Merkel apoia ideia de Obama de fronteiras pré-1967 em Israel

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse nesta sexta-feira apoiar o discurso do presidente norte-americano, Barack Obama, sobre o Oriente Médio e afirmou que basear o acordo de paz nas fronteiras de Israel estabelecidas em 1967 poderia ser o caminho para frente.

REUTERS

20 de maio de 2011 | 10h01

"Acho que a proposta de usar a fronteira de 1967 e considerar a troca de territórios -- considerar, e não aderir a ela dogmaticamente -- poderia ser um caminho bom e administrável", disse Merkel em coletiva de imprensa.

(Reportagem de Stephen Brown e Peter Dinkloh)

Tudo o que sabemos sobre:
ALEMANHAMERKELOBAMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.