Merkel pede decisão rápida sobre sanções ao Irã

Merkel pede decisão rápida sobre sanções ao Irã

Chancelar aponta positivamente para a participação de China e Rússia na cúpula

EFE

12 de abril de 2010 | 08h08

BERLIM - A chanceler alemã, Angela Merkel, pediu nesta segunda-feira, 12, que se acelere a decisão sobre possíveis sanções ao Irã dentro da polêmica nuclear.

 

"O tempo pressiona. A decisão sobre possíveis sanções ao Irã terá que ser tomada em breve", disse Merkel antes de viajar aos Estados Unidos, onde participará da cúpula de segurança nuclear.

 

Merkel disse que, por isso, é bom que na conferência de Washington haja representantes de China e Rússia, membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU que até agora se mostraram reticentes à imposição de sanções ao Irã.

 

A chanceler alemã afirmou que nas conversas em Washington buscará se informar sobre as medidas que esses dois países estão dispostos atrabalhar com a comunidade internacional na preapração de

retaliações ao Irã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.