Migração para a Grã-Bretanha bate recorde de alta

A migração para a Grã-Bretanha bateu um recorde de alta no ano passado, indicaram dados oficiais na quinta-feira.

PHILI, REUTERS

24 de novembro de 2011 | 16h22

A migração líquida chegou a 252 mil em 2010, o número mais alto desde o início do registro, de acordo com dados do Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS na sigla em inglês).

O governo disse que quer cortar a imigração líquida no longo prazo para menos de 100 mil por ano até a próxima eleição em 2015.

Os dados do ONS mostraram que o número total de pessoas entrando na Grã-Bretanha permaneceu constante em 591 mil, enquanto o número de pessoas que saem do país atingiu seu nível mais baixo desde 2001, com 339 mil.

A principal razão para a imigração ainda precisa ser analisada - os números subiram de 211 mil em 2009 a 238 mil no ano passado.

Um número menor de pessoas emigrou da Grã-Bretanha por motivos ligados a trabalho no ano que terminou em março de 2011, atingindo seu nível mais baixo em cinco anos para 174 mil, em comparação com 203 mil do ano anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
GRABRETANHAMIGRACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.