Milhares de gregos protestam contra austeridade e visita de Merkel

Cerca de 8.000 manifestantes gritavam slogans contra as medidas de austeridade e usavam bandeiras alertando Angela Merkel de que ela não é bem-vinda na Grécia em um protesto nesta segunda-feira, véspera de uma visita da chanceler alemã.

Reuters

08 de outubro de 2012 | 16h34

Organizada por sindicatos irritados com cortes de salários e benefícios durante três anos de austeridade, a manifestação foi convocada antes de Merkel anunciar que estava indo à Grécia, num gesto de apoio aos esforços de reforma fiscal do governo.

Mas os manifestantes não perderam a oportunidade de desabafar sua ira contra Merkel, que insistiu num duro programa de reforma apontado por muitos gregos como responsável pela situação de seu país. Em frente ao Parlamento, eles colocaram uma grande bandeira alemã com as palavras "Angela, você não é bem-vinda!".

"Queremos que Merkel deixe a Grécia em paz, pois suas medidas só trazem pobreza", disse a manifestante Antigone Beza, de 48 anos, uma vendedora de Atenas. "Vamos lutar e vamos resistir e vamos gritar ''Vá para casa!'"

A Grécia está preparando medidas abrangentes de segurança para a visita de seis horas na terça-feira. Será a primeira visita de Merkel à Grécia desde que a crise de dívida explodiu no país, em 2009.

A polícia proibiu reuniões na maior parte do centro de Atenas e vai disponibilizar 6.000 policiais, assim como unidades anti-terroristas e francoatiradores.

A líder alemã, que foi caricaturada como nazista na imprensa grega, abrandou sua retórica nos últimos meses, tendo aparentemente decidido que a Grécia deve permanecer na zona do euro.

O governo grego está em negociações com credores internacionais sobre mais cortes orçamentários que garantam a próxima parcela de um resgate financeiro de 130 bilhões de euros. As medidas certamente levarão a mais protestos.

(Reportagem de Renee Maltezou)

Tudo o que sabemos sobre:
GRECIAPROTESTOMERKEL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.