Milhares protestam na capital da Geórgia contra ofensiva russa

Georgianos vão às ruas de Tbilisi mostrar apoio ao presidente Mikhail Saakashvili; Rússia ordena fim dos ataques

Associated Press,

12 de agosto de 2008 | 15h44

Milhares de georgianos foram às ruas da capital Tbilisi nesta terça-feira, 12, manifestar seu apoio ao presidente Mikhail Saakashvili. Com bandeiras vermelha e branca da Geórgia, a multidão protestava contra a ofensiva militar russa no país.   Veja também: Geórgia processará Rússia em Haia por limpeza étnica Ouça o relato de Lourival Sant'Anna  Roberto Godoy e Cristiano Dias comentam conflito  Imagens feitas direto da capital da Geórgia  Entenda o conflito separatista na Geórgia   Fotos: AP   Os cartazes mostravam mensagens como "Pare, Rússia!", "Eu amo a Geórgia" e "Eu amo Misha", apelido do presidente georgiano. O vice-primeiro-ministro Gia Baramidze disse aos manifestantes que eles deveriam levantar suas bandeiras e manterem-se unidos, dizendo "nós não temos medo do inimigo."     Nesta terça-feira, o presidente russo Dmitry Medvedev ordenou o fim da ação militar, mas ainda não está claro quando todos os combates cessarão.     A Rússia iniciou a operação na última sexta-feira, em apoio a província separatista de Ossétia do Sul, que estava sendo atacada pelas forças da Geórgia.

Tudo o que sabemos sobre:
GeórgiaRússiaOssétia do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.