Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Monti e Bersani buscam acordo sobre novo presidente da Itália

O primeiro-ministro interino da Itália, Mario Monti, e o líder centro-esquerdista Pier Luigi Bersani se reuniram nesta segunda-feira em busca de um acordo sobre a escolha de um novo presidente da República, algo crucial para o fim do impasse causado pela inconclusiva eleição de fevereiro.

Reuters

15 de abril de 2013 | 20h21

Sete semanas depois da eleição geral, Monti continua interinamente à frente de um gabinete, mas reformas importantes estão paradas até que uma nova administração seja formada.

O bloco centro-esquerdista liderado por Bersani formou a maior bancada da Câmara, mas não obteve maioria no Senado. Ele se recusa a formar uma coalizão com o bloco de centro-direita do ex-premiê Silvio Berlusconi e foi esnobado pelo partido alternativo Movimento 5 Estrelas, terceira força parlamentar.

Na quinta-feira, o dividido Parlamento elege um novo presidente para substituir Giorgio Napolitano, cujo mandato termina em 15 de maio.

A Itália possivelmente terá de ir às urnas novamente para resolver o impasse, mas a Constituição proíbe que um presidente em fim de mandato convoque um novo pleito.

Vários nomes têm sido citados como possíveis sucessores de Napolitano, mas nenhum favorito claro emergiu, e tudo indica que os partidos terão dificuldades para escolher uma personalidade capaz de simbolizar a unidade nacional.

(Reportagem de James Mackenzie)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAPOLITICAPRESIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.