Morangos são suspeitos de intoxicar 11 mil crianças na Alemanha

Morangos congelados foram apontados na sexta-feira como provável causa do maior surto de intoxicação alimentar já registrado na Alemanha, que causou vômitos e diarreia em mais de 11 mil crianças.

Reuters

05 de outubro de 2012 | 20h11

Crianças de quase 500 escolas e creches no leste da Alemanha adoeceram após consumir alimentos distribuídos pela empresa Sodexo, e pelo menos 32 foram hospitalizadas.

O Instituto Robert Koch, que assessora o Ministério da Saúde, disse haver uma "ligação forte e estatisticamente significativa" entre o surto e "o consumo de produtos feitos com um lote de morangos congelados".

As autoridades sanitárias disseram que muitos alunos foram contaminados com norovírus. Em nota, a Sodexo pediu desculpas às crianças e às suas famílias por "um incidente isolado e extremamente lamentável".

A empresa prometeu indenizar as vítimas e melhorar a seleção dos seus fornecedores, e disse que novos detalhes serão anunciados nos próximos dias.

(Reportagem de Michelle Martin e Thomas Seythal)

Tudo o que sabemos sobre:
ALEMANHAMORANGOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.