Efe
Efe

Naufrágio de embarcação com turistas mata 15 na Macedônia

Com mais de 30 anos de serviço, barco levava 80 pessoas e afundou em três minutos; causa é desconhecida

Efe,

05 de setembro de 2009 | 12h18

Pelo menos 15 turistas búlgaros se afogaram neste sábado, 5, depois do naufrágio de uma embarcação turística no lago macedônio de Ohrid, confirmaram à Agência Efe as autoridades municipais locais. O acidente ocorreu por volta das 10h (4h de Brasília), na parte leste do lago, segundo as primeiras informações, e não se descarta que o número de vítimas seja maior.

 

A bordo da embarcação, viajavam cerca de 50 turistas - incluindo visitantes locais e da Bulgária - e, por enquanto, não se sabe as razões do acidente. Entre os mortos, estão o proprietário da embarcação e seu capitão, segundo as citadas fontes.

 

As autoridades locais de Ohrid confirmaram à Efe que, até o meio-dia, tinham sido resgatadas cerca de 50 das 80 pessoas que estariam na embarcação. "Estamos investigando as causas do acidente. Ainda está em andamento a operação de resgate", disse um porta-voz a polícia de Skopje.

 

A embarcação turística tinha mais de 30 anos de serviço e afundou na parte leste do lago, a cerca de 200 metros da margem. Segundo a Polícia da homônima localidade de Ohrid e testemunhas, a embarcação foi a pique em apenas três minutos, em um lugar com profundidade de cerca de 20 metros.

 

"Os turistas dos acampamentos e hotéis que estavam nas praias foram de botes e lanchas para salvar os acidentados", disseram testemunhas da tragédia. Tanto a cidade de Ohrid quanto o lago, no sudoeste da Macedônia, são há décadas o principal destino turístico desta antiga república iugoslava de 2 milhões de habitantes. É o primeiro naufrágio com vítimas neste lago, que este ano atraiu 15% a mais de turistas estrangeiros que em 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
Macedônianaufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.