Nevasca fecha escolas e aeroportos no Reino Unido

É o inverno mais rigoroso em 30 anos; na França, onda de frio deixa as temperaturas em -13ºC

estadao.com.br,

06 de janeiro de 2010 | 09h02

Homem vai trabalhar em  Farnborough, sul da Inglaterra. Foto: Kieran Doherty/Reuters

LONDRES-  Ao menos três aeroportos e cerca de mil escolas no Reino Unido estão fechados nesta quarta-feira, 6, devido à forte nevasca que caiu ontem à noite. Há também atrasos em serviços ferroviários e problemas em algumas linhas do Metrô de Londres. Segundo o jornal "The Guardian, é o pior inverno em 30 anos no país. A onda de frio atinge todo noroeste da Europa, com problemas também na França.

O aeroporto londrino de Gatwick foi obrigado a fechar na última Noite e 80 voos já foram cancelados. O aeroporto de Heathrow, o principal de Londres, está aberto, mas há atrasos e cancelamentos de alguns voos, assim como em Luton (Londres), Birmingham (centro da Inglaterra) e Southampton (sul). Os terminais de Bristol e Cardiff, no país de Gales, também fecharam.

Os aeroportos de Manchester e Liverpool, no norte e noroeste da Inglaterra, respectivamente, operam hoje normalmente, depois de terem sido fechados temporariamente na terça-feira após forte nevasca.

Ao menos mil escolas permanecem fechadas em várias zonas do Reino Unido, e alguns serviços ferroviários foram cancelados ou reduzidos pelo mau tempo, enquanto há interrupções em algumas linhas do Metrô de Londres, embora os ônibus operem com normalidade na cidade.

França

Uma tempestade de neve atingiu também a França, onde as temperaturas chegaram a - 13ºC. As regiões atingidas foram a Bretanha e a Normandia, no noroeste do país. Segundo o Serviço de Meteorologia francês, a neve deve chegar nas próximas horas a Paris. A onda de frio na França deve continuar até o final de semana.

 

Com informações da Associated Press e da Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.